Pesquisar

Newsletter


 


 
Faixa publicitária

Liturgia

Faixa publicitária

História e geografia

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Olivais Sul situa-se na Cidade de Lisboa e é uma das três paróquias da Freguesia civil de Santa Maria dos Olivais no termo oriental da cidade.

A Freguesia de Santa Maria dos Olivais é a mais populosa da Cidade (50 819 habitantes, segundo os resultados preliminares do Censo de 2011) e, ainda que informalmente, é dividida em três áreas distintas: a zona histórica mais perto do Rio (Paróquia de Santa Maria dos Olivais), Olivais Norte e Bairro da Encarnação (Paróquia de Santo Eugénio) e Olivais Sul (Paróquia de Nossa Senhora da Conceição). Ainda pertence à Freguesia de Santa Maria dos Olivais uma grande parte da zona sul do Parque das Nações que em breve conhecerá a sua autonomia, configurada na proposta de criação da Freguesia do Oriente. Este local pertence à Paróquia de Nossa Senhora dos Navegantes do Parque das Nações, a mais recente da Freguesia.

A criação da Freguesia de Santa Maria dos Olivais, por iniciativa do Arcebispo de Lisboa, D. João Anes, em 6 de Maio de 1393, confirmada três anos mais tarde por bula do Papa Bonifácio IX, teve origem em terras situadas para além dos limites do foral de Lisboa e doadas à Cidade, em 1393, pelo Rei D. João I.

A Freguesia deve o seu nome ao facto de aí haver extensos olivais ou, segundo a tradição, por a imagem de Nossa Senhora ter aparecido na cavidade dessas de um tronco de oliveira que foi conservada na sacristia da Igreja Matriz até 1700, ano a partir do qual não existem mais notícias sobre o seu paradeiro.

Em 1958, o então Fundo de Fomento da Habitação iniciou as obras no futuro Bairro dos Olivais Sul e, quatro anos depois, em 1962, foi atribuída a primeira casa em regime de renda resolúvel. De promoção municipal, o bairro abrande uma área de 186 hectares destinada, na altura, para 38250 habitantes distribuídos por 7996 fogos. Com base nos ideais da Carta de Atenas procurou fazer-se um bairro onde os conjuntos edificados estivesse ligados pela estrutura verde, com rua de acesso restrito para cada bloco, ligadas a um esquema viário principal. A qualidade de vida dos moradores foi uma das principais preocupações dos urbanistas do projecto, os arquitectos Rafael Botelho e Carlos Duarte.

A população, que rapidamente ocupou o Bairro, não tinha local para reunir a comunidade cristã e a vida cristã exigia que a maior parte recorresse às igrejas de Santa Maria dos Olivais, São João de Brito e São João de Deus, entre outras. A dada altura, graças ao zelo dos padres do Seminário dos Olivais, foram reunidas as condições para que se pudesse celebrar a Eucaristia nos Olivais Sul. No início utilizava-se a cave de um prédio no Largo 1º Tenente João Rodrigues de Moura, até que passou a ser utilizado o bar da escola primária nº 25, que funcionava no local anexo ao actual Spacio Shopping.

Só mais tarde se iniciava a construção da que foi Capela de Nossa Senhora da Conceição que passou a designar-se Igreja de São José quando começou a funcionar a Igreja sede da Paróquia, dedicada em 18 de Abril de 1988.

Em 11 de Janeiro de 1967 foi nomeado o primeiro Pároco de Olivais Sul, o Rvmo Pe. Luís Maurício, e no dia 22 de Janeiro do mesmo ano, Solenidade de São Vicente, Padroeiro principal do Patriarcado, o então Patriarca de Lisboa, o Em.mo Cardeal Manuel Gonçalves Cerejeira, assina o Decreto de Erecção canónica da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Olivais Sul.

 

Eis o texto do Decreto:

Considerando que a Paróquia de Santa Maria dos Olivais está em constante crescimento urbanístico, dificultando a acção pastoral numa zona que em breve atingirá os 40 000 habitantes; Considerando que o Bairro de Olivais Sul constitui um aglomerado populacional homogéneo, o qual dentro de dois a quatro anos terá uma população de cerca de 36.000 habitantes; Considerando que urge prover à cura das almas nesta zona da paróquia; Considerando que é possível a sustentação do culto e das obras paroquiais;

Ouvido o parecer do Exmo. Cabido;

HAVEMOS POR BEM:

1º - Destacar da Paróquia de Santa Maria dos Olivais a área constituída pela maior parte do chamado Bairro de Olivais Sul (exceptuando-se a nordeste a célula F da urbanização, que contém o cemitério, e os prédios de ambos os lados da Rua C 1 e entre esta rua e a Avenida de Berlim, que continuarão a pertencer à Paróquia de Santa Maria dos Olivais) e definida pela seguinte linha:

  • Partindo da margem do rio Tejo perto de Cabo Ruivo, segue para noroeste pelo eixo da segunda Circular até à Rotunda do Aeroporto;
  • Inflecte para noroeste seguindo pelo eixo da via de acesso à Auto-Estrada do Norte, no prolongamento da Avenida do Brasil, até ao cruzamento (junto do Quartel dos bombeiros) com a Avenida de Berlim (anteriormente chamada de Entre-Aeroportos);
  • Inflecte para leste, seguindo pelo eixo desta Avenida de Berlim até à altura da Piscina Municipal (em construção);
  • Inflecte para sul, seguindo numa extensão de cerca de 200 metros pela via de penetração que morre na rua C 1;
  • Inflecte para leste pelas traseiras das moradias que dão para esta rua, de modo a excluí-las, até à via de penetração que margina pelo poente o Cemitério dos Olivais;
  • Inflecte para sul, seguindo pelo eixo desta via até ao seu cruzamento com a Avenida de Acesso ao Cemitério;
  • Segue pata leste pelo eixo desta Avenida que corta perpendicularmente a Avenida Infante D. Henrique, e continua na mesma direcção até ao Rio Tejo;
  • Inflecte, finalmente, para sul, seguindo ao longo da margem até ao ponto de partida.

Párocos de Nossa Senhora da Conceição de Olivais Sul

  • Padre Luís Maria dos Anjos Maurício – 11.01.1966 a 28.08.1972
  • Padre António Mendes Rocha – 29.08.1972 a 31.08.1979
  • Padre António Manuel de Almeida Janela – 31.08.1979 a 30.09.1989
  • Padre Hélder Veríssimo Franco – 01.10.1989 a 16.08.2005
  • Padre Bruno Miguel Moreira de Almeida Machado – 18.09.2005 a

 

Vigários Paroquiais

  • Padre Adriano Nunes – 25.08.1969 a 31.08.1972
  • Padre Jacinto Manuel Monteiro da Câmara Pereira – 30.08.1972 a 31.08.1979
  • Padre Jaime Pereira da Silva – 31.08.1979 a 31.07.1981
  • Padre José Iago da Graça do Rosário Andrade – 22.07.1981 a 07.09.1990
  • Padre Pedro Durrer Mota e Melo – 06.09.1990 a 02.10.1993
  • Padre António José da Cruz Costa Tavares – 03.10.1993 a 31.08.1998
  • Padre Nuno Estêvão Figueiredo Miranda Ferreira – 02.10.1994 a 30.09.1998
  • Padre Nuno Alexandre Machado Tavares – 29.11.1998 a 31.08.2001
  • Padre Muanamosi Matumona – 01.10.2001 a 30.09.2003
  • Padre Jorge Manuel Chalelo – 01.10.2003 a 18.07.2010
  • Padre David Luiz Gomes de Castro Pernas – 05.09.2010 a

 

Diáconos Permanentes

  • Diácono Alfredo dos Santos Freire – ordenado em 18.07.1987
  • Diácono Laurentino Oliveira Correia dos Santos – ordenado em 05.07.1998